Goodreads

Destaques

1 A Promessa + Opinião

A Promessa é a continuação da história de Belle, a inspiradora heroína de Sonhos Proibidos.

  No início de julho de 1914, a Europa vive os seus últimos dias de inocência.
  A jovem Belle realizou os seus sonhos. A uma infância pouco comum seguiram-se anos dramáticos, ao longo dos quais quase cedeu ao desespero. Mas a sua coragem e determinação prevaleceram. 
  A sua vida é agora feliz. Está casada com Jimmy, o seu primeiro amor, e conseguiu abrir a elegante loja de chapéus que sempre desejou. Mas a História do mundo está prestes a mudar. A I Guerra Mundial vai arrastar consigo milhões de pessoas. 
  Belle e Jimmy abdicam de tudo para defenderem o seu país. São ambos destacados para França, onde Jimmy vai arriscar a vida nas trincheiras e Belle conduz uma ambulância da Cruz Vermelha. É um tempo de devastação sem precedentes em que sobreviver a cada dia representa uma vitória. E é quando o passado menos ocupa os seus pensamentos que Belle será obrigada a confrontá-lo pela derradeira vez.
  Bastará um momento. Um homem. Um olhar.
  Entre a luta pela sobrevivência, uma paixão proibida e a lealdade devida a um grande amor, Belle está perante uma escolha impossível. Mas ao viver na pele um dos mais sangrentos conflitos da História, terá ela poder sobre o seu destino?

AutorLesley Pearse
EditorEdições ASA (Outubro, 2013)
Editor: 528
Género: Romance
Original: The Promise (2012)

Opinião...
My rating: 5 of 5 stars

A história de Belle é certamente uma das mais inspiradoras, apaixonantes e comoventes que já li. Se Sonhos Proibidos serviu para nos apresentar Belle, A Promessa serve para a ver amadurecer.

Belle realizou finalmente os seus sonhos, casou, abriu uma elegante loja de chapéus e prepara-se para colocar o tenebroso passado para trás das costas…mas estamos em julho de 1914, o que significa que a guerra está à porta. Quando a Alemanha invade a Bélgica, na sua condição de aliada, a Inglaterra declara guerra ao Império Germânico, levando a acessos de patriotismo que promoveram o alistamento entusiasta de tantos e tantos ingleses. Conduzido por um sentido moral rígido, Jimmy, o marido de Belle, está entre eles… tal como Étienne, o verdadeiro amor da sua vida, que decide colocar um passado violento a favor do seu país, a França.

Um dos grandes trunfos deste livro é o carácter da própria protagonista - uma mulher memorável, inteligente, cheia de imaginação e força. Outra vantagem, será o conflituoso período histórico, só por si interessantíssimo e que acaba por condicionar todo o desenvolvimento da narrativa. E o último trunfo é, sem dúvida, o talento inato da escritora que recorreu a toda a sua experiência e competência para nos pintar uma saga épica, maravilhosamente complexa e intrincada.

Mesmo neste período tão sombrio, Belle destaca-se pelo anseio em fazer qualquer coisa diferente e ousada. Desejando compensar de alguma forma o seu passado de «mulher caída», opta por trabalhar como voluntária no hospital. A sua amizade com Miranda, também ela uma personagem encantadora, proveniente de um meio tão diferente do de Belle mas com tanto em comum, leva a nossa heroína ainda mais longe nos seus objectivos como voluntária: condutora de ambulâncias em França.

As consequências do recrutamento de tantos homens inaptos/inexperientes, tais como empregados bancários, caixeiros e operários fabris, ficam bem patentes neste livro… Persegue-nos durante a narrativa a sensação constante de que aquele podia ser o último dia das suas vidas, vítimas de uma estupidez assassina. Apesar de sermos confrontados com o enorme número de homens que morreram por motivos questionáveis gostei muito que Lesley Pearse tenha globalizado de forma quase imparcial o sofrimento provocado pela guerra, mostrando-o através das uas personagens, sem apontar desnecessariamente o dedo a culpados. Longe de hipocrisias, também o lado positivo destes tempos sombrios, porque o há sempre, é tido em conta: a emancipação das mulheres, o derrubamento de barreiras sociais, o avanço na medicina, na tecnologia e em tantas outras áreas.

Comovi-me bastante quando as personagens se deparam com o facto de já não serem as mesmas pessoas que eram antes da guerra…de não se conseguirem adaptar às vidas que levavam. O sofrimento inimaginável dos combatentes que regressam com graves e debilitadores ferimentos de guerra, o sofrimento dos familiares que esperaram tanto tempo por alguém estimado que viram partir e que nunca verão regressar na íntegra, quer física quer psicologicamente…Partiu-me o coração quando um dos personagens, um dos meus preferidos, diz «não tenho nada dentro de mim».

Ao recordar Belle, jovem, feliz e empolgada no início do livro, e depois relembrar os difíceis períodos que teve que atravessar mostra-me como Lesley Pearse me levou numa magnífica viagem através desta heróina, não se poupando a esforços para lhe dar vida, tornando-a uma personagem muito querida para mim. Pessoalmente, gostei mais de Sonhos Proibidos, mas ambos são magníficos e, juntos, constituem a minha história preferida desta autora até à data!

Continuação de...


✏ 'A Promessa' é a continuação de 'Sonhos Proibidos'.

✏ A filha de Belle é protagonista do livro 'És o Meu Destino'.

Livros de Lesley Pearse Editados em Portugal:

A PromessaSonhos ProibidosNunca Digas AdeusNunca Me EsqueçasProcuro-teSegue o Coração


Um comentário:

  1. E a continuação é igualmente ou ainda mais fantástica! :)

    ResponderExcluir