Goodreads

Destaques

2 Estarás Sempre Comigo - Opinião

Estarás Sempre Comigo
Emma tem vinte e seis anos - bonita, inteligente, feliz e vive com o namorado de infância, John, num agradável apartamento em Dublin. O seu maior problema é a mãe não parar de insistir para que se casem já. Emma e John sentem-se o casal perfeito, com um futuro cheio de possibilidades. Mas, de repente, John morre num terrível acidente, e Emma mergulha no desespero. Amava-o mais do que à própria vida - e agora a morte tirou-lho. À medida que emerge da dor, Emma tem de encontrar uma nova forma de viver, e os amigos leais unem-se para tentar ajudar. Clodagh, amiga de sempre de Emma, com quem ela partilhou tudo, desde bolos de lama a namoros desastrosos. Anne e Richard, mais ou menos bem casados e a debaterem uma mudança para o campo. O irmão de Emma, Noel, o jovem padre católico que vê a sua própria fé testada enquanto tenta confortar Emma. Seán, o belo mau rapaz das mil e uma namoradas, desconfortavelmente ciente da sua crescente ligação a Emma. De forma espirituosa, mordaz e, às vezes simplesmente chocante, Emma documenta as histórias dos amigos e a sua própria recuperação da dor com uma franqueza que envolve o leitor desde a primeira página.

Editor: Quinta Essência (2011)
Género: Romance
Páginas: 358
Original: Pack Up the Moon (2005)

Opinião:

My rating: 5 of 5 stars

Por mais que planeemos…por muito que projectemos… uma simples sucessão de acontecimentos basta para que a nossa vida se altere para sempre. A forma como lutamos para avançar a partir daí, o modo como lidamos com a nossa dor e desespero é a base de Estarás Sempre Comigo.

A autora, Anna McPartlin, fez um extraordinário trabalho a difundir nestas páginas o sofrimento da sua protagonista, Emma, e o vazio que, de um momento para o outro, ameaça consumir a sua existência. Num registo muito puro e directo, McPartlin permite ao leitor aceder desde os pensamentos mais profundos até aos mais triviais de Emma… e fá-lo com uma intensidade inicial tão grande que mal consegui pousar o livro desde o seu primeiro capítulo.

Sabemos, e sentimos, que Estarás Sempre Comigo foi escrito com conhecimento de causa, o que permite que surjam, numa leitura que se classifica como «leve», algumas afirmações gritantemente profundas e perspicazmente sinceras sobre a vida e o que é realmente importante na mesma. Surpreendeu-me a forma simplificada como a autora abordou este nível de complexidade emocional, tornando-a bastante mais credível e muito pouco forçada. Acompanhamos bem de perto a grande luta de Emma, as suas pequenas conquistas, a forma como vai cambaleando entre dias ao início para depois passar a caminhar a uma passada mais regular e, por fim, mais decidida.

A acompanhar e a viabilizar esta magnífica história, temos personagens realistas, cheias de tantas qualidades quanto defeitos e unidas por uma amizade muito especial espelhando tanto a fragilidade e fugacidade da vida como a intensidade e alegria com que esta merece ser vivida.

O estilo de escrita da autora não é nenhum assombro, principalmente graças à proliferação de frases curtas e afirmações espontâneas mas quando colocada em contexto, como eu acredito que deve ser feito, o seu tom funciona muito bem para o que a autora planeou executar.
Pessoalmente, gostei em especial do nível realista deste livro, porque a vida é mesmo assim - como seres complexos que somos, tanto rimos como choramos, tanto perdemos como ganhamos…e, muitas vezes, temos que perder para poder ganhar. Paradoxalmente, conseguimos sentir-nos tão cheios de nada


*~~~~~~*
Isto não tem nada a ver com a minha opinião sobre o livro mas, e porque conheço alguns microbiologistas que decepariam cabeças a esta menção, não posso deixar de dizer isto! Ao contrário do que é dito no livro, A VARICELA NÃO É PROVOCADA POR UMA BACTÉRIA! Ok…poderão surgir complicações devido a infecção bacteriana subjacente, mas a responsabilidade da varicela como doença cai toda sobre o pequenino VÍRUS zoster.
Pronto! E agora que tirei isto do meu espírito, posso afirmar, em absoluto, que adorei o livro!



Frases Preferidas:
«Por isso, este livro realça unicamente as quatro coisas mais importantes que a vida até agora me ensinou.
Após a noite, vem o dia.
Após a morte, vem a vida.
Mesmo nos momentos mais sombrios, olha em volta, porque nunca estás realmente só.
És amada.»

«- O que é feito da Irlanda, terra dos santos e eruditos? - perguntou Séan.
- Eles bazaram e construíram a América - respondi.»

«Todas as pessoas são diferentes...às vezes só agem da mesma maneira.»

Sobre a autora...
Anna McPartlin nasceu em Dublin, em 1972. Estarás sempre Comigo é o seu primeiro romance, inspirado na própria experiência de perda da autora e na capacidade de sobrevivência necessária para superar os desgostos da vida. Em 2007, foi vencedora do prémio Revelação do Ano nos Irish Book Awards.
Anna McPartlin viveu parte da infância em Dublin, até se mudar para Kerry, na adolescência, onde foi criada pelos tios. Após concluir o ensino secundário, entrou para a faculdade onde estudou Marketing, mas manteve o seu amor pela stand-up comedy e pela escrita. Enquanto trabalhava nas artes conheceu o marido, Donal. Atualmente vivem em Dublin.


Livros de Anna McPartlin...
- Ninguém Me Conhece Como Tu (Julho, 2013)
- Um Amor Perdido (Setembro, 2014)

Estarás Sempre Comigo

2 comentários:

  1. Deixei um selinho para ti no meu cantinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que vergonha Clarinda! Estou a tentar perceber isto dos selinhos, o que é que eu faço?! :$

      Excluir