Goodreads

Destaques

0 Marley e Eu ~ de John Grogan


Sinopse:

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura 

«A história enternecedora e inesquecível de uma família e do seu cão mal comportado que ensina o que realmente importa na vida
Esta história podia ser a sua! Chamavam-se John e Jenny, eram jovens, apaixonados e estavam a começar a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, «um bola de pêlo amarelo em forma de cachorro», que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava-se todo por cima das visitas, roubava roupa interior feminina e abocanhava tudo a que pudesse deitar o dente. De nada lhe valeram os tranquilizantes receitados pelo veterinário, nem, tão pouco, a «escola de boas maneiras», de onde, aliás, foi expulso.
Só que Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Partilhou a alegria da primeira gravidez do casal e o seu desgosto com a morte prematura do feto, esteve sempre presente no nascimento dos bebés ou quando os gritos de uma vítima de esfaqueamento ecoaram pela noite dentro. Conseguiu ainda a «proeza» de encerrar uma praia pública e arranjou um papel numa longa-metragem, através do qual se fartou de «conquistar» corações humanos.
A família Grogan aprendeu, na prática, que o amor se manifesta de muitas maneiras... E feitios.»

Autor: John Grogan
Editora: Casa das Letras - 2006
Nº Páginas 360
Título Original: Marley and Me 
Cotação: 

Outros livros do Marley em português:
Marley, Um Natal Desastrado (livro infantil)
Marley vai para a Escola (livro infantil)
Marley - Um Cão Especial (adaptação do original)

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

A Minha Opinião:

A história do adorável e (tão) tonto Marley é das mais enternecedoras e cómicas que já li, mostrando-nos que até um cão doido como ele pode trazer felicidade desmedida a um lar. 
Marley e Eu não é, contudo, apenas sobre Marley - relata-nos o início de vida conjugal de John e Jenny e a sua luta ao tentarem iniciar a sua própria família enquanto tentam lidar ao mesmo tempo com um cão diabolicamente desastrado e hiperactivo. 
À medida que a vida de John e Jenny se desenvolve, Marley está sempre presente, integrando e influenciando as suas decisões, desde cachorrinho até...bem...até ao fim...
Quem tem cães conseguirá certamente identificar-se com as personagens e rever-se em algumas das situações...e quem não tem, poderá certamente apreciar um bom, e muito divertido, livro. 
Aqui, mais do que em qualquer outro livro, fica registado o compromisso que assumimos quando adquirimos um animal - quem está disposto a passar apenas pelas fases boas nunca deveria sequer pensar que yem capacidade para ter um animal como companheiro de vida. 
John e Janney são um óptimo exemplo porque apesar de tudo o que Marley os faz passar, eles ficam com ele...e tentam aprender a lidar com ele, uma e outra vez...amando-o sempre pelo que ele era. 
É certo que algumas técnicas de treino apresentadas no livro são incorrectas e, como o próprio autor mostrou pondo-as em prática, de pouco ou nada servem - mas o livro não deve ser criticado por isso porque John está a partilhar o seu passado com Marley, o que foi feito, e este livro não é, nem pretende ser, um guia do género "Treino de Cães para Totós". John quis apenas partilhar a vida de Marley, as alegrias que ele trouxe à sua vida e a forma como o marcou a ele e à sua família. 
Um livro doce e ternurento que nos incita a aproveitar bem os momentos preciosos que nos são concedidos com estes «pequenos» companheiros, porque todos são especiais, à sua própria maneira muito exclusiva. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário