Goodreads

Destaques

0 Numa Floresta Muito Escura | Opinião


Uma mulher solitária recebe um convite inesperado para a despedida de solteira de uma amiga que não via há muito tempo. Relutantemente, ela aceita participar na reunião de amigas, algures numa casa isolada na floresta.

Quarenta e oito horas depois, Nora acorda numa cama do hospital. Está ferida mas não se recorda exatamente do que se passou. Sabe, no entanto, que alguém morreu. O que fiz eu?, pergunta-se ela, consciente de que algo muito grave aconteceu naquela casa na floresta escura, muito escura…


Autor: Ruth Ware  
Editor: Clube do Autor (Abril, 2016) 
Género: Thriller
Páginas: 328
Original: In a Dark, Dark Wood (2015) 

opinião
★★★★
Leonora acorda no hospital depois de duas noites numa reunião de despedida de solteira com antigos amigos e novos conhecidos. O trauma na cabeça não lhe permite recordar ao certo o que aconteceu; Leonora sabe que alguém morreu... Só não se consegue lembrar de quem.

Adorei este thriller, senti-me completamente absorvida pela história. O enredo é simples mas muito intrigante e manobrado de forma a incluir o leitor na história: começamos a levantar as nossas suspeitas, a inventar motivos – à procura do assassino.

As personagens estão bem construídas, sendo elas próprias misteriosas, Nina com as suas tiradas ácidas, Flo com o seu histerismo e obsessão por Clare, Tom cujo verniz parece à beira de estalar e Leonora que mantém parte do seu passado em segredo, até para nós. Mas é a tensão entre estas pessoas, o clima pesado que se forma sempre que estão juntas, que a escritora consegue criar na perfeição.

Leonora não devia estar sequer aqui, nesta casa isolada, com estas pessoas. Não foi sequer convidada para o casamento, só para a despedida de solteira. Não tem contacto com a noiva há mais de 10 anos e gostaria de manter Clare no passado. Não sabe sequer quem é o noivo.


Gostei muito e recomendo!  


«Não vai largar o livro até chegar à última página. A atmosfera densa e as revelações surpreendentes vão deixá-lo sem fôlego.»
Entertainment Weekly






Nenhum comentário:

Postar um comentário