Goodreads

Destaques

0 História de um gato e de um rato que se tornaram amigos | Opinião

Max vive em Munique com os seus pais e irmãos — e com Mix, o seu inseparável gato preto com uma mancha branca na barriga. Amigos desde a infância, quando Max cresce e decide mudar de casa, leva Mix consigo. Mix adora viver no novo apartamento. Mas quando Max começa a trabalhar e não pode estar tanto tempo em casa, Mix, que está a envelhecer e a perder a visão, sente-se cada vez mais sozinho.

Um dia, Mix ouve uns passinhos suaves vindos da despensa e descobre que há um ladrão a comer os cereais crocantes do dono. Esperto, Mix deixa-se ficar quieto e, de repente, com a rapidez de outros tempos, estica a pata e sente o corpo trémulo de um minúsculo ratinho. Mex, como é batizado, é um ratinho mexicano, muito medroso e charlatão. Mas os verdadeiros amigos apoiam-se um ao outro e juntos aprendem a partilhar o que de melhor têm dentro de si.

Baseado num episódio da vida de um dos filhos de Luis Sepúlveda, a História de um gato e de um rato que se tornaram amigos oferece-nos uma vez mais uma fábula singela e divertida sobre o verdadeiro valor da amizade.



Autor: Luis Sepúlveda
Editor: Porto Editora (2014)
Género: Romance
Páginas: 64
Original: Historia de Mix, de Max y de Mex (2010) [Goodreads]

opinião
★★★★✩ (4/5)



"Sempre gostei de gatos" é a frase de abertura deste livro; uma premissa muito simples mas que serviu para criar uma ligação imediata entre esta leitora e o pequeno livro que tinha em mãos. "Gosto de gatos porque são misteriosos, nobres e inteligentes", continua o Sr. Sepúlveda... e eu concordo completamente.

O tema principal do livro torna-se imediatamente óbvio assim que entramos na história: a amizade! Nesta narrativa, a amizade transcende a espécie e os princípios da relação são explicados com enorme simplicidade através de um rapaz, um gato e um rato. Sendo o gato cego e o rato tão pequeno que tal característica lhe limita o poder de acção, acabam por colmatar as fraquezas um do outro numa amizade cheia de entreajuda e compreensão.

Além de me levar a considerar a amizade no geral, este livro encantou-me pela chamada de atenção e pequena homenagem aos pequenos seres peludos de quatro patinhas que nos acompanham na vida e que infelizmente, e de forma tão dolorosamente injusta, não nos acompanham tempo suficiente.

Bonito graças às maravilhosas ilustrações que animam o seu interior, simples, pequeno e fácil de ler esta é uma óptima leitura para a generalidade de nós e uma excelente prenda para aquele amigo que não para de nos contar as peripécias do seu amigo gato.




Nenhum comentário:

Postar um comentário