Goodreads

Destaques

0 A Escolha de Yasmeena + Opinião

  Nascida no Líbano, Yasmeena era jovem, bela e sofisticada. Tinha formação universitária, falava fluentemente inglês e trabalhava como assistente de bordo. Era também virgem e conservadora, como mandava a tradição familiar. O seu mundo ruiu no dia em que o avião em que deveria sair do Kuwait ficou retido no aeroporto. 
  Saddam Hussein acabara de invadir o país. A guerra começava. No meio do caos, Yasmeena foi enclausurada numa prisão controlada por soldados iraquianos. A violação e a tortura faziam parte da rotina. A impunidade era total. Após o brutal ataque de que foi alvo às mãos do chefe da prisão, Yasmeena fechou-se em si própria e na sua dor… até ao momento em que conheceu Lana, cujo destino estava à mercê de um sádico. Por temer pela vida da amiga, Yasmeena usou o seu frágil poder junto do chefe. Mas a sua coragem teve um preço. Para salvar Lana, Yasmeena foi forçada a fazer uma escolha... Há muito que Jean Sasson queria revelar ao mundo a história de Yasmeena. Mas sabia que, por ser sexualmente explícita, seria difícil de publicar. Contudo, Yasmeena nunca abandonou os seus pensamentos. E, um dia, Jean Sasson simplesmente soube que era a altura certa para a partilhar e impedir que a verdade sobre o que passou entre as paredes daquela prisão caísse no esquecimento. 
  Chocante e comovente, este é um relato fundamental sobre um crime de guerra menosprezado: a violação. Um grito contra o silêncio a que as suas vítimas são condenadas para a vida.

Autor: Jean Sasson 
Editor: Edições ASA (Agosto, 2014)
Género: Memórias/Testemunhos
Páginas: 272
Original: Yasmeena's Choice: A True Story of War, Rape, Courage and Survival (2013) [Goodreads]
COMPRAR

opinião 
My rating: 5 of 5 stars

'A Escolha de Yasmeena' é um daqueles livros difíceis de classificar; se tivermos em conta a história que partilha é completamente censurável e inapropriado dar 'estrelinhas' a um sofrimento destes…

Lê-lo foi uma experiência excruciante, exigindo-me paragens regulares para estabilizar os nervos. A violação de mulheres em tempo de conflitos armados está longe de ser novidade mas nunca deixa de ser revoltante. É insondável o que vai na cabeça destes homens para cometerem actos hediondos como os que são descritos neste livro…Ou talvez a pergunta correta seja a inversa: o que falta na cabeça destas 'pessoas'?

A 8 de Agosto de 1990 o exército iraquiano inicia a ocupação do Kuwait, uma ocupação que viria a durar 208 dias - o bastante para infligir vários suplícios à população kuwaitiana e deixar o país em ruínas. Empobrecidos pela guerra contra o Irão, os iraquianos começam de imediato a saquear lojas e casas para roubo de dinheiro, jóias, electrodomésticos, móveis, animais de estimação (!)…e mulheres.

Uma destas mulheres é a inteligente e perspicaz Yasmeena, de 23 anos. Dona de uma beleza singular, Yasmeena trabalhava como assistente de bordo há dois anos, desfrutando de uma liberdade vedada à maioria das suas conterrâneas. Enquanto ajudava a resistência, Yasmeena é raptada para uma prisão improvisada onde as mulheres são mantidas em celas, espancadas e violadas diariamente, mais do que uma vez por dia, e executadas quando o seu violador se cansa delas.

É aqui que Yasmeena conhece Lana - uma jovem cujo sofrimento às mãos do seu violador não tem medida - e é também aqui que Yasmeena faz a sua escolha: viver.


View all my reviews


✏ Livros de Jean Sasson publicados em Portugal:
     - Vítimas da Tradição (ASA, 2015)
     - A Escolha de Yasmeena (ASA, 2014)
     - A Vida Secreta das Princesas Árabes (ASA, 2012);
     - A Minha Vida com Osama Bin Laden (ASA, 2010)
     - Amor em Terra de Chamas (ASA, 2010)
     - O Filho de Ester (ASA, 2006)

      


Nenhum comentário:

Postar um comentário