Goodreads

Destaques

2 O Mundo Segundo Bob + Opinião

 Quando James Bowen encontrou um gato alaranjado nas escadas do prédio onde vive, não fazia ideia do quanto a sua vida iria mudar.
  James e o gato Bob têm vivido uma experiência excecional. No seu livro anterior intitulado A minha história com Bob, acompanhámos os primeiros passos de uma amizade improvável e que veio a revelar-se determinante na recuperação de James. Agora é altura de reaprender a viver no mundo real. É raro o dia em que Bob não oferece momentos de inteligência, coragem e humor, chamando a atenção do seu amigo James para a importância da amizade, lealdade e de quão importante é ser feliz. James revela-nos como sente que Bob tem sido o seu protetor em momentos difíceis, como quando esteve doente ou foi ameaçado de morte.

  Neste segundo livro, James Bowen oferece-nos um relato emotivo, evocando momentos de alegria intercalados com episódios de tristeza e demonstrando que num mundo tão hostil continua a haver espaço para a esperança.

Autor: James Bowen
Editor: Porto Editora
Género: Biografia/Memória
Páginas: 208




✏ Livros de Bob/James Bowen editados em Portugal:
 A minha História com Bob [inclui opinião]  O Mundo Segundo Bob [inclui opinião] Um Presente do Bob


Opinião 

My rating: 4 of 5 stars
"Durante muitos anos, estes três elementos preciosos - fé, esperança e amor - estiveram dolorosamente afastados da minha vida. Contudo, um capricho do destino proporcionou-me todos eles em simultâneo, sob a forma de um gato irrequieto, divertido, astuto, ocasionalmente intratável mas sempre delicado, que me ajudou a dar a volta à minha vida."

Podemos resumir assim a inspiradora história de James - um ex-toxicodependente - e Bob - o gato que simplesmente se recusou a largar James - os dois companheiros inseparáveis que ficámos a conhecer em A Minha História com Bob e que regressam agora com O Mundo Segundo Bob na continuação da sua luta conjunta para sobreviverem nas ruas de Londres.

Como vendedores da revista "The Big Issue", James e Bob são obrigados a enfrentar diversos desafios diários. Apesar do aparecimento de problemas de saúde, da habitual dificuldade económica e de sabotagem, James não perde a esperança de conseguir mudar de vida.
"Ainda não sei se encontrei Bob ou se foi ele que me encontrou. Mas sei que, sem ele, estaria totalmente perdido."

Gosto imenso do tom honesto da narrativa; James assume as suas culpas e defeitos sem apelar desavergonhadamente à compaixão do leitor. O texto corre-nos à frente com bastante facilidade e agilidade e quando reparamos estamos já a apreciar os acordes finais.

A companhia regular de um animal leva-nos a desenvolver um tipo muito especial de sensibilidade…No meu caso, esta premissa serve também de indicador de carácter. Sempre que ouço "não gosto de ler" ou "não gosto de animais" sei que não vou ter que esperar muito tempo para assistir à revelação de uma personalidade medíocre. James demonstrou ser uma pessoa excepcional por entre os seus erros. Ao demonstrar solidariedade por um animal quando se encontrava num período tão mau da sua vida já nos diz muito sobre ele mas o facto de assimilar desde cedo que este gato poderia minimizar a sua dor e solidão diz muito mais.

James volta a mostrar que um gato pode ser bem mais do que um "animal de companhia"…pode ser um amigo verdadeiro e, se estivermos atentos, pode até ser o início da solução!
"(…) Bob e eu éramos almas feridas. Uníramo-nos depois de batermos no fundo. Cada um ajudara a reparar a vida do outro."

2 comentários:

  1. excelente....li os dois livros editados em Portugal...sei que já um 3º livro adoraria que ele fosse editado cá ....è um deslumbramento ler estes livros....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vai ser :) Chama-se 'Um Presente do Bob' e vai ser lançado dia 11 deste mês! :D

      Excluir