Goodreads

Destaques

0 Amor Ingénuo + Opinião

Samanta tem apenas 19 anos, mas já sentiu o sabor da traição. Após a descoberta das mentiras do namorado e amigos, optou por fechar-se em casa e desistir de todos os seus sonhos. Até que um dia, a sua melhor amiga Lídia, que nunca a abandonou, precisou da sua ajuda. Samanta enfrentou os seus medos e mudou-se para o apartamento da amiga. Enquanto a sua amiga vive o sonho de estudante de universidade, Samanta vive uma vida rotineira. Lídia, decidida a ajudar a amiga, convida-a para uma festa em casa do vizinho do seu namorado Guilherme, e não aceita “não” como resposta. 
Gabriel é um rapaz atlético e misterioso, mas está apaixonado pela rapariga errada. Apesar dos receios de cada um, embarcam em encontros duplos. 
Dúvidas e ciúmes são constantes, pondo à prova os sentimentos de Samanta pelo Gabriel e as suas novas amizades. O que Samanta não sabe é que as intenções de Gabriel não são o que parecem. E Samanta esconde algo que não quer revelar. 
Nesta relação há mais segredos do que os olhos podem ver. Será que existem descobertas que podem ser perdoadas?

Autor: Catarina Ferreira
Editor: Escrytos (Maio, 2013)
Género: Romance



Opinião...
O tremendo desgosto do 1º amor… «Amor Ingénuo» levou-me de volta à adolescência, não apenas porque me identifiquei com a dor da protagonista - Samanta - mas também porque me revi em certos dilemas e questões. 

Traída não só pelo namorado mas também pelas amigas mais próximas, a dor de Samanta leva-a a desistir parcialmente da vida; toldada pelo receio de voltar a confiar e ser novamente magoada. Ao apostar todas as suas fichas no amor, Samanta não sabia o que isso lhe viria a custar, não só a nível académico mas também em convivência familiar. 

 Explorando os sentimentos de Samanta, o enredo foca as relações, tanto de amor como de amizade, entre um grupo de jovens adultos, dois tipos de ligação tão importantes, influentes e decisivos na estruturação do futuro adulto… e ainda o papel da família no meio de tudo isto… 

Escrito na 1ª pessoa do singular, o livro adquire um tom mais íntimo e pessoal que nos aproxima ainda mais de Samanta, dos seus dilemas, inseguranças, desejos e esperanças. 

Há, claro, especialmente a nível de escrita, espaço para melhorias - há-o sempre. Mas o carácter leve e passo rápido tornam a leitura agradável e fácil de acompanhar. À medida que avançava no livro, fui criando afeição pelas personagens e a torcer pela felicidade de Samanta. Foi portanto um alívio quando, no final, tudo se começa a encaixar para ela e a estabilidade assenta finalmente na sua vida. 

 …Já tinha saudades de acompanhar uma visão mais jovem e inocente do amor…!


Sobre o autor...
Catarina Soares Ferreira tem 22 anos, nasceu e vive em Vila Nova de Gaia com os pais. Tem um irmão e uma irmã, mais velhos, já casados e com filhos. Finalizou o curso de Técnico de Turismo, estagiou num hotel e numa agência de viagens. Foi através da saga Crepúsculo de Stephenie Meyer que a sua paixão pelos livros refloresceu e, desde aí, foi inspirada por autoras como Madeline Hunter, Sherrilyn Kenyon, Lauren Conrad, Kami Garcia e Margareth Sthol, L.J. Smith e Alyson Nöel.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário