Goodreads

Destaques

0 As Terças com Morrie + Opinião


Um fenómeno editorial em todo o mundo.

O diálogo, durante 14 Terças-feiras, entre um velho professor que morre e um seu antigo aluno proporciona-nos a todos uma última e comovente lição sobre as coisas mais simples e mais importantes da vida – e da morte. 

Autor: Mitch Albom
Editor: Sinais de Fogo (1999)
Género: Biografia/Memórias
Páginas: 222
Original: Tuesdays With Morrie (1997)




Opinião...
«Uma vez que aprendas a morrer, aprendes a viver.»
A minha cotação pessoal deste livro não reflecte o trabalho executado pelo autor, Mitch Albom, mas sim, e em exclusivo, à maravilhosa lição que o professor Morrie Schwartz se propôs a deixar-nos e à fantástica pessoa que este livro me deixa adivinhar que ele terá sido.
Faço esta clara distinção porque a escrita de Albom não me deixou minimamente impressionada e penso que exagerou, sendo jornalista desportivo, da sua capacidade de síntese. Pior foi mesmo a sensação de hipocrisia, cinismo e alguma intrujice já que, depois de todas as lições do professor Morrie sobre amor, trabalho, comunidade, família, envelhecimento, perdão e morte, compiladas num livro que se propõe a alterar as nossas vidas, ou pelo menos, a olhar para elas de forma diferente, parece não ter alterado em nada a vida de Mitch…pelo menos, não nos são dadas referências concretas nesse sentido…

Quando é diagnosticada a Morrie Schwartz, professor universitário com vários livros publicados, a doença de Lou Ghering Morrie age de forma contrária ao que seria de esperar: em vez de se entregar à doença, aproveita estes últimos tempos da sua vida para leccionar as suas derradeiras aulas.

«Estudem-me, na minha lenta e paciente despedida. Observem o que me acontece. Aprendam comigo.»

Pequeno e rápido de ler, este livro é especial, único e uma mais-valia para nós, leitores. Gostei bastante de «As Terças com Morrie», em especial devido à sua componente inspiradora e enriquecedora; mostrando-nos o que é realmente importante na vida e em que extensão podemos tocar a vida alheia, fazendo a diferença.

Morrie não se dedicou ao ensino apenas em vida, continua a fazê-lo…
View all my reviews



Frases Preferidas:
«Estou na minha última viagem, e as pessoas querem que lhes diga o que hão-de pôr na mala.»
«- Sabes o que isso reflecte? Vidas insatisfeitas. Vidas incompletas. Vidas que não encontraram sentido. Porque se encontrares sentido na vida, não desejas voltar atrás. Queres ir para a frente. Queres ver mais, fazer mais. Estás mortinho por chegar aos sessenta e cinco.»
«Se estiveres sempre a lutar contra o envelhecimento, vais ser sempre infeliz, porque isso vai acontecer de qualquer maneira.»
«Tens de encontrar o que é bom e verdadeiro e maravilhoso na tua vida, tal como é agora. Olhar para trás torna-te competitivo. E a idade não é tema de competição.»
«No princípio da vida, quando somos crianças, precisamos dos outros para sobreviver, certo? E no fim da vida, quando ficas como eu, precisas dos outros para sobreviver, certo? (...) Mas o segredo está aqui: entre uma coisa e a outra, também precisamos dos outros.» 
«A morte acaba com uma vida, não com uma relação.»

Em 1999, «As Terças com Morrie» foi adaptado ao cinema por Mick Jackson, com Jack Lemmon no papel de Morrie e Hank Azaria, o Gargamel dos Smurfs, a interpretar o papel de Mitch Albom, o autor do livro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário