Goodreads

Destaques

0 O Café do Amor + Opinião

Uma mulher bela marcada para a vida
Um homem amargurado em busca de redenção
Unidos pelo destino num lugar mágico

Cathryn Deen vivia num mundo de sonho: atriz famosa, idolatrada, era considerada a mulher mais bela do planeta. A fama era tudo na sua vida. Mas após sofrer um trágico acidente de automóvel, que a deixa marcada para sempre, decide ocultar-se de tudo e todos.
Escondida na casa da sua avó materna nas montanhas da Carolina do Norte, Cathryn tenta ultrapassar os seus traumas com a ajuda da sua grande prima Delta, uma mulher roliça e bem-disposta, dona do café local. Considerada por todos a alma daquele vale, Delta alimenta com os seus cozinhados e biscoitos deliciosos o corpo e o espírito dos mais carentes.
Um dos seus protegidos é Thomas Mitternich, um famoso arquiteto, fugido de Nova Iorque, após os atentados às Torres Gémeas lhe terem roubado o que de mais valioso tinha na vida: a mulher e o filho. Atormentado pela culpa, Thomas acredita que nada nem ninguém lhe poderá devolver a razão de viver e, entregue ao álcool e ao desespero, espera um dia ganhar coragem para se juntar àqueles que mais amava. O destino irá cruzar os caminhos de Cathryn e Thomas numa história magnífica de superação, ensinando-os a transformar as adversidades em oportunidades e a valorizar a beleza que existe em tudo o que os rodeia.

Autor: Deborah Smith
Editor: Porto Eiditora (Maio/2013)
Género: Romance Contemporâneo
Páginas: 432
Original: The Crossroads Cafe (2006)


Opinião:
 

Desgraças contadas com graça - com um fabuloso sentido de humor a espreitar por entre a sucessão de infortúnios - achei esta leitura hipnotizante!

O Café do Amor traz-nos uma história comovente sobre a superação de tragédias, a adaptação e crescimento pessoal de pessoas que enfrentam o desespero de perder o que julgavam ser o «tudo» das suas vidas.

Adorei as apuradas interpretações da autora sobre os possíveis pontos de vista de pessoas que se encontram em situações comparáveis às de Cathryn e Thomas. A sua escrita, eloquente e sincera, aproximou-me ainda mais destas duas personagens realisticamente imperfeitas, tornando tão fácil afeiçoar-me a elas - respeitar os passados dos quais lutam por se afastar, compreender as acções do presente e torcer pela felicidade de ambos à medida que se aproximam de um futuro em conjunto.
Mas não foram apenas os protagonistas que me cativaram, Smith transportou-me integralmente para a Carolina do Norte, embutindo o espírito sulista nas entrelinhas e apresentando um delicioso grupo de personagens que vivem na pequena localidade onde Cathryn acaba por se exilar. A autora criou uma sensação de carinho colectivo entre estes locais que torna a leitura mais do que acolhedora.

A narrativa é rica em acontecimentos que contribuem para a mudança de Cathryn e Thomas. Agradou-me especialmente a abordagem do culto que a sociedade actual presta à beleza exterior e à posse de bens materiais. Smith expõe a fugacidade do que julgamos possuir, mostra-nos como nos podemos perder entre as pequenas coisas do dia-a-dia, desfocando a nossa visão sobre o que realmente é importante e deve fazer parte da nossa lista de prioridades.
View all my reviews


Sobre a autora...
Deborah Smith é uma das autoras americanas mais lidas em todo o mundo. A sua obra já vendeu mais de três milhões de exemplares. 
Nomeada para diversos prémios importantes como o RITA Award da Romance Writers of America e o Best Contemporary Fiction da Romance Reviews Today, foi distinguida com o Prémio de Carreira atribuído pela Romantic Times Magazine.

Outros Livros de Deborah Smith...
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário