Goodreads

Destaques

4 A Minha História com Bob + Opinião



Quando James Bowen encontra um gato alaranjado no prédio onde vive, não faz ideia do quanto a sua vida irá mudar. Lutando por sobreviver como músico de rua na cidade de Londres, a última coisa de que precisa é um animal de estimação. No entanto, incapaz de resistir ao animal doente, acolhe-o em sua casa. Quando Bobrecupera a saúde, James deixa-o à porta do prédio, imaginando que nunca mais o voltará a ver. Todavia, Bobtinha outros planos. Dentro de pouco tempo, os dois tornam-se inseparáveis e as muitas aventuras que irão viver transformarão para sempre as suas vidas, curando lentamente as cicatrizes do passado atribulado de ambos. Esta é a história de uma amizade improvável e de como um gato vadio irá ajudar um homem a recuperar a sua autoestima e dar-lhe uma nova esperança quando o resto do mundo lhe parecia ter fechado as portas.


Autor: James Bowen
Editor: Porto Editora (Novembro 2012)
Género: Memórias e Testemunhos
Páginas: 192
Original: A Street Cat Named Bob: How One Man and His Cat Found Hope on the Streets (2012)





✏ Livros de Bob/James Bowen editados em Portugal:
 A minha História com Bob [inclui opinião]  O Mundo Segundo Bob [inclui opinião] Um Presente do Bob


Opinião:

Uma existência nómada durante a infância privou James Bowen das bases que lhe permitiriam uma adaptação social normal, empurrando-o para os sentimentos de revolta que acabariam por transformar a sua adolescência num período de delinquência. James conta-nos, em A Minha História com Bob, como percorreu este caminho rumo à autodestruição, começando pelo consumo de drogas leves que culminou na saída da casa da mãe para a casa da meia irmã…daí para o sofá de amigos, casas abandonadas e, em última instância, para as ruas de Londres. Depois de um período de drogas, álcool e crime, e ainda a frequentar um programa de desintoxicação, Bowen teve a sorte e a felicidade de encontrar…ou de ser encontrado por…Bob! - aquele que viria a revelar-se um grande amigo e, já agora, um excelente colega de trabalho! 

…É que já há muitos anos que Bowen tocava a sua guitarra nas frias ruas de Londres, vivendo os seus dias conforme a quantidade de moedas que caiam no seu estojo…mas agora, a presença de um certo felídeo sedutor, de seu tom alaranjado, está prestes a aumentar este lucro… e a resgatar uma alma que atravessou, sozinha, o inferno. 

De todas as biografias relacionadas com animais que já li, A Minha História com Bob será das mais especiais - afinal, não estamos a falar de alguém que «adquire» um animal, mesmo que seja fisicamente «especial», para complementar a companhia da família. Com James, não há companhia. Não há família. Não há sequer a certeza de uma refeição no dia seguinte. Ou pior, que essa refeição não será preterida por uma dose de heroína. 

Acabei a simpatizar imenso com o autor e a torcer a sério por esta dupla tão cativante. Bowen e Bob certamente nos mostram que o passado, mesmo quando preenchido por más decisões e terríveis acções, não deve ser o suficiente para nos isolar de oportunidades de felicidade e bem-estar. Nem ser o bastante para julgar outras pessoas de forma determinante, apartando-as dessas mesmas possibilidades. 

Esta história é tanto de Bob como de Bowen, já que é uma história de amizade no seu estado mais puro e verdadeiro, e de como outros podem influenciar positivamente a nossa vida, se os deixarmos…e de como nós podemos influenciar positivamente a vida de outros, se estivermos atentos. 

A escrita de Bowen não é das mais cuidadas nem melódicas, mas é honesta e, para este livro e neste contexto, estou convicta de que isso enriquece ainda mais o livro porque o torna ainda mais vívido e real. Torna também a leitura bastante simples e fácil de seguir, sem cortar na vertente emocional e comovente. 

Fico agradecida por Bowen ter partilhado a sua história com Bob e por nos mostrar que, por vezes, decisões/momentos aparentemente sem importância podem mudar uma vida…ou duas… 

Frases Preferidas:
«A forma como algumas pessoas tratam os seus animais de estimação indigna-me realmente.» 

«Comecei a consumi-la num primeiro momento apenas para me ajudar a dormir à noite na rua. Anestesiava-me do frio e da solidão. Levava-me para outro lado. Infelizmente, também se apoderou da minha alma.» 

«E, naquele momento, decidi que ele era tudo aquilo de que precisava. Não apenas naquela noite, mas enquanto tivesse o privilégio de o poder incluir na minha vida.»

4 comentários:

  1. eu estou a começar a ler o livro e estou a adorar e tenho a ajuda de amar gatos

    ResponderExcluir
  2. e mesmo fantastico o livro mostra como um gato pode mudar a vida de uma pessoa

    ResponderExcluir
  3. ADOREI ESTE LIVRO

    ResponderExcluir