Goodreads

Destaques

6 Série Drake Sisters + Opiniões {Livros Abril 2013}




A Série Drake Sisters, de Christine Feehan é composta por sete livros, dos quais três já estão publicados em Portugal, com o quarto livro a ser lançado já em Abril deste ano. 
  • Magia ao Vento (Drake Sisters #1);
  • Crepúsculo de Natal (Drake Sisters #2);
  • Oceanos de Fogo (Drake Sisters #3);
  • Marés Perigosas (Drake Sisters #4) 
  • Safe Harbour (Drake Sisters #5) *Ainda Não Editado em Portugal*
  • Turbulent Sea (Drake Sisters #6) *Ainda Não Editado em Portugal*
  • Hidden Currents (Drake Sisters #7) *Ainda Não Editado em Portugal*


Magia ao Vento #1

Magia ao VentoA Sarah voltou para casa. Desde que Damon Wilder procurou refúgio em Sea Haven ouve-se o mesmo boato passar de boca em boca de quase todos os habitantes da pacata vila costeira. Até o vento parece murmurar o nome dela - um devaneio tão sugestivo que leva o curioso Damon até à casa da falésia de Sarah, onde procura o seu abrigo. 
Mas Damon não chegou sozinho. Foi seguido por alguém até Sea Haven. Alguém que rodeia as sombras da casa Drake, onde Sarah esconde os seus próprios segredos. O perigo ameaça os dois - tal como o desejo mais premente que alguma vez sentiram - e está a apenas um sussurro de distância. 

Editor: Saída de Emergência (2011)
Páginas: 160
Original: Magic in the Wind (2005)


Opinião:

«Sete irmãs entrelaçadas, controladoras dos elementos da terra do mar e do ar, incapazes de controlar o destino que evitam. O destino encontrá-las-á uma por uma, da mais velha até à última. Quando o portão trancado se abrir em boas-vindas, a primeira encontrará o amor verdadeiro.» 

Magia ao Vento vem comprovar que não são precisas muitas palavras para contar uma boa história. 

Claro que isto se deve à magnífica capacidade que Christine Feehan tem para se expressar de forma directa e concisa. É certo que o desenvolvimento do romance e das personagens sofre ligeiramente com o tamanho do livro e arrisco afirmar convictamente que, como livro isolado, Magia ao Vento seria um absoluto fiasco mas como introdução à série acabou por me parecer bastante bom e extremamente aliciante. Não tive qualquer problema com a leveza da narrativa, pelo contrário - as possibilidades para os próximos livros entusiasmam-me imenso. Penso que este livro pode ser rotulado como um óptimo aperitivo! 

Toda a trama inicial se encontra envolta num mistério crepitante: Sarah. A forma intrigante como Feehan inicia a sua narrativa instiga-nos a prosseguir na leitura para descobrir quem é esta tal de Sarah e tentar desvendar o tenebroso passado de Damon - um homem à beira da loucura, cujo acto de se mudar para esta pequena cidade costeira foi o último esforço para se agarrar à vida. 

Os episódios descritos estão completamente preenchidos por magia e misticismo…certamente que algumas partes se traduzem como velhos clichés já desgastados e alguns dos momentos paranormais foram inclusivamente demasiado fantasiosos para mim, mas a autora consegue dar-nos a volta criando em simultâneo um ambiente cómico veiculado tanto a esta pequena localidade que torna a leitura ainda mais acolhedora e interessante, tanto à interação entre as irmãs Drake e a picardia constante entre elas. 

Agradou-me imenso que a autora não se focasse completamente em Sarah e Drake, já que nenhum dos dois me despertou especial interesse. Fiquei cativada, isso sim, pelas sete irmãs como unidade coesa e fiquei também bastante curiosa para conhecer as restantes irmãs. O facto de Drake, um homem lógico que aposta sempre nas bases científicas, aceitar Sarah, as suas irmãs e a magia que as rodeia sem quaisquer reservas empurra a história para a frente e não nos aborrece com impasses…claro que isto dificilmente será realista, mas poupa-nos a dilemas existenciais.


Crepúsculo de Natal #2

Crepúsculo de Natal
A romancista bestseller Kate Drake é uma de sete irmãs dotadas de poderes misteriosos. Ao regressar a casa para o desfile anual de Natal da sua cidade do norte da Califórnia, Kate entra no espírito da época e decide abrir uma livraria num histórico moinho encantador mas em ruínas. O condecorado e ex-Ranger Matt Granite, actualmente constructor local, não se importa de trabalhar na casa inegavelmente estranha - não se isso significar ficar por perto de Kate. Existe algo nesta mulher calma e sensual que o atrai profundamente. 
Assim que um sismo fende os alicerces do moinho e revela uma cripta, Kate sente que algum segredo com centenas de anos acabou de ser libertado… e que veio para a perseguir. Apesar de Matt prometer protegê-la dia e noite, Kate sabe que terá de convocar todas as suas forças e as das suas irmãs para lutar contra a escuridão que ameaça destruir tanto o Natal como o dom da paixão ardente que o herói da sua cidade natal quer que ela preserve para sempre.


EditorSaída de Emergência (2011)
Páginas: 240
Original: The Twilight Before Christmas (2005)



Opinião:

Depois da apresentação das irmãs Drake em Magia ao Vento , Crepúsculo de Natal leva-nos novamente até à pacata cidade de Sea Heaven, onde algo malévolo acaba de ser libertado…algo que não era suposto libertar o mundo…
A delicada Kate Drake é uma escritora de sucesso que prefere ficar no seu canto a ler ou a escrever, rodeada de tranquilidade e paz interior. O completo oposto a esta espectadora da vida será Matt Granite, um homem trabalhador, duro e selvagem para quem a adrenalina é o doce néctar da vida.
E…bem, sabem como é…«os opostos atraem-se»!


Gostei bastante de ler o primeiro livro desta série e estava empolgada com as possibilidades para os restantes mas Crepúsculo de Natal acabou por se revelar um amargo desapontamento: os protagonistas não despertaram de todo o meu interesse; o vilão e os misticismos que o rodeiam pareceram-me demasiado infantilóides e muito mal rematados; a parte que mais gostei no livro anterior - a interacção entre as irmãs Drake - é pouco explorada neste segundo livro e até Sea Heaven, um curioso viveiro de mexerico e bisbilhotice, me pareceu deslavada e abatida.

A escrita da autora, que me deixou impressionada com a sua capacidade de síntese no livro anterior, não evidenciou nada de notável ou extraordinário. Aliás, o recurso recorrente - e, na minha opinião, excessivo - aos pontos de exclamação acabam por conferir uma agressividade que não é só desnecessária mas também dissonante.

O facto de Christine Feehan estar sempre a referir que Kate (ou uma das suas irmãs) está cansada, esgotada, sem forças…é, por si só, cansativo para nós. Claro que a heroína tem que ter as suas limitações e no caso das Drake estas passarão pelo desgaste energético consequente do recurso aos seus poderes sobrenaturais mas (!) não é de todo necessário estar sempre a referi-lo nem, o que é ainda pior, usar recorrentemente essa referência como desculpa para atrasar o desenvolvimento e esticar a narrativa.

Posto isto, Crepúsculo de Natal tem algumas circunstâncias a apreciar, misturando um suspense muito ligeiro com passagens mais divertidas e cálidos momentos natalícios…mas, no geral, não posso afirmar que tenha apreciado a sua leitura.


Frase Preferida:
«Os livros são o meu mundo. Sempre foram. Eu adoro palavras. Adoro viver na minha imaginação.»


Oceanos de Fogo #3

Oceanos de FogoSete irmãs… Venha conhecer a história de Abigail Drake, uma das sete irmãs. Drake dotadas de poderes elementares, e a sua profecia de amor...
Sendo a terceira filha de uma linhagem mágica, Abigail Drake nasceu com uma afinidade mística por água e dotada de laços particularmente fortes com golfinhos. Ela passou toda a sua vida a estudá-los, a aprender e a nadar com eles nas águas do mar da sua cidade natal, Sea Haven…
Até ao dia em que testemunhou um assassinato a sangue frio na praia à beira-mar e deu por ela a fugir para salvar a sua vida, indo cair nos braços de Aleksandr Volstov. Ele é um agente da Interpol a seguir o rasto de antiguidades russas roubadas. Um homem implacável que obtém sempre aquilo que pretende, e o homem que já destroçou o coração de Abigail. Mas ele não permitirá que a única mulher que alguma vez amou fique em perigo, ou que lhe escape por entre os dedos.


EditorSaída de Emergência (2012)
Páginas: 252
Original: Sea Haven (2005)


Opinião:



Neste terceiro livro da série Drake Sisters - Oceanos de Fogo - Christine Feehan leva-nos a conhecer melhor Abigail Drake, uma das sete irmãs Drake que reúnem entre si poderes mágicos muito variados.
Bióloga marinha de profissão, Abigail apenas se sente realmente em paz no mar, entre os seus alvos de estudo preferidos: os golfinhos; especialmente, desde que as sua principal capacidade mágica, a evocação da verdade, lhe colocou sobre os ombros a responsabilidade pela morte de um inocente e destruiu o seu noivado com Aleksandr; um agente da Interpol, que chega agora à pacata Sea Haven para desmascarar uma rede de contrabando de antiguidades… e recuperar o amor de Abigail.

Envolto num mistério intrigante e dinâmico, o enredo de Oceanos de Fogo prendeu o meu interesse logo desde o início. Misturando elementos realistas com elementos mágicos, esta terceira adição à série apresenta-se como uma versão mais entusiasmante, madura e séria comparativamente aos livros anteriores, especialmente Crepúsculo de Natal, com o qual tinha ficado bastante desiludida.
O meu elemento preferido da série continua a ser a unidade coesa formada pelas sete irmãs, com momentos de interacção divertidos e íntimos que acabam por criar uma atmosfera muito familiar e aconchegante. A cada livro, a proximidade do leitor às irmãs Drake é cada vez maior e, embora Feehan se centre especificamente numa irmã por livro, não deixa de acompanhar as outras, revelando pequenos pedacinhos sobre cada irmã que sabemos que irá pegar mais à frente na série.

Das sete irmãs, Abigail dificilmente se encontrará entre as minhas preferidas mas, ainda assim, gostei da sua participação nesta história e do desenvolvimento que esta acaba por adquirir em função das suas acções. Lamentavelmente, apesar do enorme potencial do seu poder mágico, este pareceu-me mal explorado no livro.
Não sendo de todo excepcional, a história de amor entre Abigail e Aleksandr é atraente para o leitor e bastante variada, com momentos de redenção para ambos, à medida que se tentam reencontrar. O final é bastante previsível, como é habitual neste tipo de romance, mas não deixa por isso de ser interessante e de ser uma óptima conclusão para este capítulo da história das irmãs Drake.
Negativamente, tenho a apontar o facto de que o dilema entre Aleksandr e Abigail acaba por se tornar repetitivo a dada altura e a inconsistência de Abigail nas suas reacções. No geral, gostei deste livro e ganhei novo ânimo para continuar a acompanhar a série, com Marés Perigosas .

View all my reviews


Marés Perigosas #4 

A Dr.ª Libby Drake é uma mulher sensível e prática. Para as suas irmãs muito mais aventureiras, ela sempre foi a «rapariga bem-comportada». Certamente que não a veem como uma mulher capaz de atrair a atenção de um génio como Ty Derrick – até um acidente trágico deixar o atraente bioquímico à sua mercê.
Ao ajudá-lo, ela vai avivar os desejos há muito reprimidos do recém despertado Ty pela mulher que lhe salvou a vida. Mas ele não é o único homem que anda de olho em Libby Drake. Ela captou igualmente a atenção de um admirador perigosamente influente. Alguém que persegue a sua beleza elementar e tem algum objetivo perverso. E está disposto a tudo para o conseguir.
Com a sua combinação sensual de romance e suspense de cortar a respiração, a campeã de vendas número um do New York Times, Christine Feehan, chega com ousadia onde nenhum outro escritor chegou. Desta feita apresenta-nos Libby Drake, uma das mágicas irmãs Drake – todas elas encantadas por profecias de amor…


EditorSaída de Emergência (Abril, 2013)
Páginas: 352
Original: Dangerous Tides (2006)


Opinião

Libby está farta de ser a Drake «boazinha», sempre responsável, caridosa e sem pensamentos maldosos. De regresso a Sea Haven, Libby decide que se quer tornar selvagem e imprevisível como as suas irmãs…e parece ter encontrado o homem ideal para a mudança. Ty Derrick é o oposto de Libby - convencido, arrogante e viciado em adrenalina - mas é também um génio da bioquímica que investiga os efeitos secundários depressivos que um novo medicamento aparenta provocar em pacientes oncológicos adolescentes. Um estudo cujos resultados os seus colegas cientistas não querem que vejam a luz do dia.

«Marés Perigosas» é o 4º livro da série «Drake Sisters», uma série que tem vindo a ter os seus altos e baixos… e este livro é, para mim, um dos «baixos». O principal motivo para tal, e que considero até injusto para dar poucas estrelinhas a um livro, é a desmotivação perante personagens que não me despertaram empatia alguma. Mas aliado a isso temos uma história que leva demasiado tempo a desenvolver, arrastada por diálogos repetidos entre as personagens e marcada por uma previsibilidade que corta o mistério. Lamentavelmente os personagens masculinos anteriores estão praticamente ausentes neste livro e, pior ainda, também Carol e Inez, que traziam um toque cómico fantástico à série, foram descartadas desta aventura.

No entanto, o final é positivamente enervante e cheio de acção. A autora, munida de uma boa pesquisa, mistura muito bem o quotidiano com o paranormal e a ciência, e trabalha muito bem a forte relação entre as irmãs Drake, focando sempre a importância da família.
«Marés Perigosas
View all my reviews



*Próximos Volumes da Série Drake Sisters*

Safe Harbour (Drake Sisters #5)


Uma de sete mulheres extraordinárias, Hannah Drake tem sido objecto de afeição de Jonas Harrington desde que este se consegue lembrar. Se apenas esta deslumbrante super-modelo tivesse outra paixão para além da sua carreira. Mas Jonas não é o único que deseja Hannah.
Das sombras, surgiu uma figura vingativa que persegue Hannah com um propósito terrível: tirar-lhe tudo e destruí-la. Apenas um homem está destinado a protegê-la, agora, numa tempestade de perigo, Jonas deve orientar a mulher que ama numa escuridão sinistra que a ameaça não apenas a ela mas toda a família Drake.

Turbulent Sea (Drake Sisters #6)


A estrela: Joley Drake nasceu com um legado de inesperados dons mágicos mas foi o dom do canto que a tornou numa sensação da noite para o dia - uma deusa do rock & roll presa pela fama, pela fortuna e pela ambição. Com esta onda de sucesso, Joley poderia ter qualquer homem que desejasse. Mas há apenas um homem que lhe consegue dar o que ela realmente precisa. 
O guarda-costas: Ilya Prakeskii, inescrutável, perigosamente sexy, trabalha na sombra da sua infame reputação - um agente secreto russo na folha de pagamento de um mafioso de notoriedade. Ele é o último homem de que Joley se deveria aproximar, mas quando a vida dela é ameaçada ela não tem para quem mais se virar. 
Mas no sedutivo abraço de Ilya, estará Joley tão segura quanto imagina?

Hidden Currents (Drake Sisters #7)


O xerife Jackson Deveau sempre amou Elle Drake à distância. 
Depois de um longo período afastada, ela regressa finalmente a casa para a pequena vila costeira mas alguém tem seguido Elle. Alguém que não quer que ela regresse. E quando Elle não chega ao destino, o seu desaparecimento incute medo nos corações de todos os que a amam. 
Cabe agora a Jackson desvendar o mistério do desaparecimento de Elle e salvá-la do perigo. Mas a vila já não é segura para ninguém, e serão necessários os poderes de todas as irmãs Drake e dos seus homens para sobreviver à tempestade 




6 comentários:

  1. ja sabemos quando sai o 5 livro ca em portugal?? obrigada

    ResponderExcluir
  2. Quando souberem a data de lançamento do próximo , por favor , avisem *.* estou mesmo ansiosa !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aviso sim :) Também estou em pulgas para saber o que se vai passar entre Hannah e Jonas :D

      Excluir
  3. Nunca mais sai o quinto livro? Não sabem de nada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não :( Está quase a fazer dois anos que não sai nenhum livro desta série :/ Não sei se desistiram dela

      Excluir