Goodreads

Destaques

0 A Arte de Amar + Opinião

A Arte de Amar
Polly Smith está a tentar sobreviver enquanto artista quando Oliver, seu amigo e mecenas, a convida a ir para casa do pai no Sul de França. Entusiasmada por poder fugir do frio e da chuva de Londres e do noivo monótono, Polly pede a sua certidão de nascimento para poder requerer um passaporte. Mas é aí que o seu mundo desaba: aquela que sempre pensou ser sua mãe é, na verdade, sua tia; a identidade do pai é desconhecida e até o seu próprio nome não está correcto. 
A sua «fuga» para o sol da estimulante da Riviera imprime uma nova vida à sua pintura, mas nem tudo corre bem na mansão onde está hospedada. O pai de Oliver foi forçado a abandonar a Inglaterra no meio de um escândalo e, apesar do sofisticado e cosmopolita grupo de amigos que o rodeia, está prestes a ser apanhado pelo seu passado. E, embora Polly se encontre no centro de uma teia de mentiras, o seu próprio futuro começa a tomar um novo e fascinante rumo.

EditorEdições ASA (2009)
Páginas: 400
Original: The Art of Love (2007)

Opinião:
Amar é uma arte. Escrever um bom livro também…

A Arte de Amar parece ter sido construído de forma a que tudo se ajuste para desembocar numa única revelação final…o problema é que não acontece nada digno de nota pelo meio. Volvida mais de metade do livro, eu ainda estava à espera de que sucedesse realmente alguma coisa; e o suposto grande desfecho, que eu já estava a prever, acabou por não compensar a leitura das mais de 300 páginas.

Não fiquei impressionada com a escrita de Edmondson, que considero enfadonha e desinteressante neste livro. Os diálogos pareceram-me fracos e artificiais, entre personagens mal construídas - desinteressantes e meras vítimas das circunstâncias - que não chegamos realmente a «conhecer». A Edmondson faltou engenho para desenvolver o enredo que idealizou, sendo o próprio também bastante fraco.

Quando comparo este livro com Uma Menina de Boas Famílias, da mesma autora, a minha desilusão tende a amplificar-se. Ambas as histórias se passam na mesma época - uma época historicamente rica, uma altura de revolta e ferocidade crescente, com a ameaça de nova guerra no horizonte. Mas enquanto que Uma Menina de Boas Famílias está bem contextualizado e estruturado, em A Arte de Amar a autora parece ignorar deliberadamente o contexto histórico, abordando-o muito superficialmente.

Este livro serviu apenas para me deixar indecisa em relação ao trabalho de Edmondson…

Livros de Elizabeth Edmondson
Uma Villa em Itália
 A Arte de Amar A Casa do Lago Uma Mansão na Bruma Uma Menina de Boas Famílias


Nenhum comentário:

Postar um comentário