Goodreads

Destaques

1 Um Erro Inocente + Opinião

«Durante a adolescência, Poppy Carlisle e Serena Gorringe foram as únicas testemunhas de um trágico acontecimento. Entre aceso debate público, as duas aparentemente glamorosas adolescentes viram-se a braços com os tribunais e foram apelidadas pela imprensa de "As Garotas-gelado". Anos mais tarde, tendo seguido percursos de vida muito diferentes, Poppy está decidida a trazer ao de cima a verdade sobre o que realmente sucedeu, enquanto Serena, esposa e mãe de dois filhos, não pretende que ninguém do presente desvende o seu passado. Mas é impossível enterrar alguns segredos - e se o seu for revelado, a vida de ambas voltará a transformar-se num inferno... Emocionante e enternecedora, esta história fará com nos perguntemos se alguma vez poderemos conhecer verdadeiramente aqueles que amamos.» 



EditorPorto Editora (2010)
Páginas: 448
Original: The Ice Cream Girls (2010)


Opinião
My rating: 4 of 5 stars

Koomson é absolutamente fenomenal neste livro!
O nível de distinção que a autora conseguiu alcançar entre as personalidade de Poppy e Serena é brilhante: ambas arrastam o passado para o presente - reflexo dos traumas comuns que viveram - mas condicionadas também pelos diferentes rumos que as suas vidas tomaram a partir daquele fatídico ponto de divergência.

Na adolescência, Poppy e Serena foram seduzidas pelo professor de História, Marcus, o que resultou num triângulo amoroso doentio e violento que só poderia terminar em tragédia, com o assassínio de Marcus. Enquanto Poppy cumpre pena por ter torturado e assassinado o professor, durante os 20 anos que se seguem, Serena prossegue com a sua vida - estuda, trabalha, casa com um homem maravilhoso que desconhece o que aconteceu no passado e tem dois filhos… No entanto, Serena vive à beira do precipício e quando Poppy regressa para a obrigar a confessar que foi ela que matou Marcus, basta um passo para cair no abismo.

Ao ser relatada na primeira pessoa do singular, a história destas duas mulheres envolveu-me completamente. A autora mostra como, para estas jovens, o relacionamento com Marcus era tudo na sua pouco abrangente e inocente visão sobre a vida. A corrupção da inocência das duas adolescentes, exposta em flashbacks recorrentes é revoltante ao ponto de tornar a leitura enervante. Dorothy Koomson conseguiu colocar-se verdadeiramente na pele destas jovens, partilhando as suas angústias, desejos e frustrações de tal forma que tanto Poppy como Serena se tornam queridas para o leitor.

Gostei muito deste conjunto de personagens, cheias de falhas realistas, e apreciei a forma como a escritora destaca a imperfeita dinâmica familiar que subsiste sempre, por muito amor e admiração que exista entre os seus membros.

Pessoalmente, só me desagradou o modo superficial com que são abordadas algumas partes do livro, especialmente a exploração dos sentimentos das pessoas que rodeiam Poppy e Serena, mas compreendo que a autora não quisesse sobrecarregar a leitura.

Concluindo, adorei este livro e recomendo, recomendo, recomendo!


Um comentário:

  1. Também já li e está completamente nos meus tops! :)

    ResponderExcluir