Goodreads

Destaques

2 Amor e Chocolate + Opinião

«Amber Salpone não queria sentir-se atraída pelo amigo Greg Walterson, mas não consegue evitar. E, de cada vez que a atracção se concretiza em algo mais, a aventura secreta fica mais perto de se tornar numa relação séria, o que, sendo ele um mulherengo e tendo ela fobia ao compromisso, constitui um grande problema.
Enquanto Amber luta para aceitar o que passou a sentir por Greg, apercebe-se também de que ela e Jen, a sua melhor amiga, estão cada vez mais afastadas. Pouco a pouco, à medida que as duras verdades das vidas de todos vão sendo reveladas, Amber tem de enfrentar o facto de o chocolate não curar tudo e, por vezes, fugir não é opção.»


EditorPorto Editora (2011)
Páginas: 416
Original: The Chocolate Run (2004)

Opinião...
Amor e Chocolate by Dorothy Koomson
My rating: 3 of 5 stars

Para mim, o ponto forte de Amor e Chocolate assenta no elevado grau de profundidade com que Dorothy Koomson conseguiu explorar Amber e como se manteve fiel à personalidade desta personagem até ao fim. Koomson criou em Amber uma mulher realista, bastante credível, alguém com quem facilmente nos identificamos - perfeita na sua imperfeição. Amber atormenta-se ao projectar em todas as suas relações pessoais os traumas familiares do passado, incapacitando um compromisso com o futuro.

...Mas se este é o ponto forte de Amor e Chocolate acaba por ser também o seu ponto fraco uma vez que o teor do livro se resume ao crescimento pessoal de Amber e à luta para ultrapassar os seus receios, focando repetidamente os mesmos pontos. Assim, o conteúdo efectivo deste livro acaba por ser muito pouco quando o comparamos com outros trabalhos de Koomson. Não consegui alhear-me da sensação de vazio, especialmente quando já li trabalhos bem melhores da autora.

Adorei a complexidade de Amber e gostei, de forma geral, do livro, mas mais pelo talento inegável da autora do que propriamente pela história que nos apresenta. Também gostei de Greg, o habitual sacana que esbanja sedução de modo fortuito até encontrar "A Tal"... E todas nós adoramos um bocadinho de redenção masculina nos nossos romances…

2 comentários: