Goodreads

Destaques

0 Série Acácia {Livros Junho}

~ Acácia - Ventos do Norte ~ 
Série Acácia, Volume I 
«Um assassino enviado das regiões geladas do norte numa missão.Um império poderoso cercado pelo seu mais antigo inimigo.Quatro príncipes exilados, determinados a cumprir um destino.Prepara-te, leitor, para entrar no mundo deslumbrante de Acácia. Leodan Akaran, rei soberano do Mundo Conhecido, herdou o trono em aparente paz e prosperidade, conquistadas há gerações pelos seus antepassados. Viúvo, com uma inteligência superior, governa os destinos do reino a partir da ilha idílica de Acácia. O amor profundo que tem pelos seus quatro filhos, obriga-o a ocultar-lhes a realidade sombria do tráfico de droga e de vidas humanas, dos quais depende toda a riqueza do Império. Leodan sonha terminar com esse comércio vil, mas existem forças poderosas que se lhe opõem. Então, um terrível assassino enviado pelo povo dos Mein, exilado há muito numa fortaleza no norte gelado, ataca Leodan no coração de Acácia, enquanto o exército Mein empreende vários ataques por todo o império. Leodan, consegue tempo para colocar em prática um plano secreto que há muito preparara. Haverá esperança para o povo de Acácia? Poderão os seus filhos ser a chave para a redenção?» 

Editor: Saída de Emergência (2011)
Género: Fantasia
Páginas: 368


A Minha Opinião: 
Não estava nos meus planos ler este livro - começo a ficar aborrecida com tantas trilogias e sagas que há já no mercado literário…algumas delas sendo uma tremenda desilusão…! 

…Mas emprestaram-mo…e eu não consigo resistir a um livro fechado em cima da mesa. 

Não gostei nada dos primeiros capítulos, pelo que me vi morbidamente agradada por poder dizer que tinha razão: o livro era uma porcaria!...mas uma vez começado há que acabá-lo…e já vos disse que não resisto a um livro fechado em cima da mesa? 

Pois bem, à medida que fui entrando neste magnífico mundo de fantasia tão detalhadamente bonito e conhecendo as formidáveis personagens que o compõem, provenientes de diferentes povos com diferentes culturas, crenças e tradições…apaixonei-me. A história foi-se tornando cada vez mais empolgante e cativante conforme se desenrolava. 

Não vou resumir o que acontece, para isso há a sinopse comercial; digo apenas que, num momento de falsa paz, tudo irá mudar de forma súbita e radical. As intrigas e esquemas de traição entram em cena, a ganância pelo poder toma o centro do palco e o rei, que nunca foi senão um fantoche no meio de toda a peça, vê cortadas, de forma definitiva, as cordas que o sustêm. 

Mas as conspirações neste Mundo Conhecido continuam (e continuarão), permanecendo o hediondo segredo por detrás de toda a ostentação acaciana: o tráfico de droga e de mão escrava. E é assim, misturando história com política e toda a perversidade que sempre se esconde por detrás destas duas, que Durham começa o primeiro volume desta série. 

Depois de um início lento e confuso em que não percebemos o objetivo de certas passagens nem a relevância de determinadas personagens, os acontecimentos começam a desenvolver-se muito rapidamente. 

Que não haja dúvidas que Durham (d)escreve muito bem, dando-nos um mundo muito rico e diversificado. Pode faltar alguma caracterização e distinção dos povos mas acredito que isso ainda está para vir, tal como para as personagens, individualmente. Especialmente no caso dos quatro filhos do rei que eram ainda crianças quando chegámos a Acácia e têm portanto muito espaço para crescimento e desenvolvimento pessoal. É óbvio através das suas palavras e do ênfase carinhoso que dá a cada uma das suas personalidades, que Durham pensou muito bem nestas personagens, conhece-as e sabe o que pretende delas. 

Temos acesso aos pontos de vista pessoais destas personagens, o que acaba por abrandar o ritmo da história. Uma vez que há um salto temporal, quando chegamos novamente perto dos filhos do rei parece-nos que estes mudaram imenso e muito depressa, pelo que nos afastamos ligeiramente deles. Mas a curiosidade para saber o que aconteceu com eles na nossa ausência acaba por vencer. 

Os vilões não o chegam a ser totalmente, já que são apenas um povo que viveu oprimido por demasiado tempo e, por fim, tomou a decisão de se revoltar contra o reino de Acácia. Torna-se claro, no entanto, que não governam melhor do que os antecessores. 

Os cenários não são totalmente originais mas são muito bonitos, bem descritos e variados. A própria história central soa ligeiramente a cliché. 

Este primeiro livro é apenas uma introdução ao resto da trama, podendo portanto transparecer como uma história lenta e com pouca acção. Mas eu prefiro as trilogias assim mesmo. É melhor do que umas quantas onde se opta por começar com uma grande aventura e despejar todos os mistérios no primeiro livro, passar o segundo volume a arrastar uma história onde não acontece nada e culminar num terceiro volume onde finalmente são desvendados os segredos instaurados pelo primeiro livro. Parece-me que Durham está a penas a contruir a sua história, a seu tempo. Além disso, não deixa tudo em suspenso, resolve algumas questões e levanta outras. 

Só espero que Durham consiga manter esta qualidade…ou melhorar. 

~ Acácia - Presságios de Inverno ~ 

Série Acácia, Volume II 


«Um rei assassinado pelo seu mais antigo inimigo.
Um império dominado por um povo austero e intolerante.
Quatro príncipes exilados determinados a cumprir um destino.
Recuperar o trono de Acácia poderá ter consequências devastadoras.
Há muito que o Reino de Acácia deixou de ser governado em paz a partir de uma ilha Idílica por um rei pacificador e pela dinastia Akaran. O cruel assassinato do rei trouxe muitas mudanças e grande sofrimento. Com a conquista do Trono do Mundo Conhecido por parte de Hanish Mein, os filhos de Leodan Akaran são forçados a refugiarem-se em zonas longínquas que desconhecem. Sem tempo para fazer o luto pelo seu pai, os jovens príncipes são separados e jogados à sua sorte num mundo cada vez mais hostil. E é entre piratas, deuses lendários, povos guerreiros e espíritos de feiticeiros que encontram a sua força e a sua verdadeira essência. Entretanto, Hanish continua empenhado na sua missão de libertar os seus antepassados e finalmente entregar-lhes a paz depois da morte. Mas
para isso, os Tunishnevre precisam de derramar o sangue dos príncipes herdeiros... Conseguirá Hanish capturar os filhos do falecido rei Akaran? Voltarão a cruzar-se os caminhos dos quatro irmãos? Estará o coração de Corinn corrompido e rendido à paixão por Hanish ou dormirá com o inimigo apenas para planear a reconquista do Trono de Acácia? E se, de olhos postos na vitória, os herdeiros de Akaran voltarem a sofrer o mais duro dos golpes?» 

EditorSaída de Emergência (2012)
Género: Fantasia
Páginas: 368

~ Acácia - Outras Terras ~ 

Série Acácia, Volume III



Um rei assassinado pelo seu mais antigo inimigo.
Um império dominado por um povo austero e intolerante.
Quatro príncipes exilados determinados a cumprir um destino.
Recuperar o trono de Acácia poderá ter consequências devastadoras.
A luta apocalíptica contra os Mein terminou. Uma vitoriosa Corinn Akaran reina no Império Acaciano do Mundo Conhecido. Apoiada no seu conhecimento de artes mágicas do livro A Canção de Elenet, ela reina com mão de ferro. E reconstruir um império desgastado pela guerra não é fácil. Das misteriosas Outras Terras, chegam à corte notícias inquietantes, e Corinn envia o seu irmão, Dariel, como emissário pelos mares tempestuosos das Encostas Cinzentas.
Ao chegar àquele distante continente, este antigo pirata é apanhado numa rede de velhas rivalidades, ressentimentos, intrigas e uma crescente deslealdade. A sua chegada provoca um tal tumulto que o Mundo.
Conhecido é de novo ameaçado pela possibilidade de invasão — algo que tornaria os anteriores perigos numa brincadeira de crianças. Sem aparentes obstáculos, um novo ciclo de acontecimentos que irá arruinar e remodelar o mundo está prestes a começar

EditorSaída de Emergência (Janeiro, 2013)
Género: Fantasia
Páginas: 336

Acácia - O Povo das Crianças Divinas

Série Acácia, Volume IV
Corinn Akaran é a senhora suprema do Império Acaciano do Mundo Conhecido, e o poder parece suavizá-la, até mesmo fazê-la ceder aos jogos do amor. Mas, por todo o lado fervilha a traição e multiplicam-se as conspirações para a derrubar: dos seus alegados aliados numrek até às intrigas em torno da filha de Aliver, Shen, enquanto, do outro lado do mundo, um exército gigantesco se prepara para marchar sobre o Mundo Conhecido e a Liga dos Navios continua a jogar em dois perigosos tabuleiros, disposta a jurar servir qualquer senhor, desde que esse senhor sirva os seus próprios interesses. 
Corinn nem pode contar com a sua própria família: a irmã Mena esconde-lhe segredos e Dariel, prisioneiro das Crianças Divinas, vai enfrentar uma aventura - novamente contra a Liga dos Navios - que o transformará no corpo e no espírito. Mas Corinn aprendeu a lutar, e não vai hesitar em chamar a si todos os aliados que conseguir, até mesmo aqueles que ninguém imaginava que um dia pudessem voltar.

EditorSaída de Emergência (Julho, 2013)
Género: Fantasia
Páginas: 336


Acácia - A União Sagrada

Série Acácia, Volume V
Três irmãos ainda sobrevivem, líderes que traçam um novo caminho para o Mundo Conhecido. Estarão à altura dos desafios que se lhes deparam? A Rainha Corinn domina o mundo com o seu conhecimento profundo dos feitiços encontrados em A Canção de Elenet. O seu irmão mais novo, Dariel, torna-se numa figura mítica nas Outras Terras, enquanto a sua irmã, Mena, viaja até ao Norte Distante para defrontar uma invasão desencadeada por uma raça violenta decidida a conquistar o Mundo Conhecido. Os seus percursos individuais acabam por convergir em batalhas tumultuosas e os desafios que terão que enfrentar podem alterar a terra em que vivem para sempre…

EditorSaída de Emergência (Outubro, 2014)
Género: Fantasia
Páginas: 384


Acácia - Vozes da Profecia

Série Acácia, Volume VI
No último livro desta saga épica têm lugar confrontos de poderes e energias inconcebíveis, personagens veem o seu destino cumprido e os desígnios para Acácia serão elevados até à glória redentora. A Rainha Corinn restaurou a dinastia Akaran ao conseguir manipular a magia terrível sobre o mundo conhecido. O seu irmão mais novo, Dariel, prossegue na sua jornada pelas Outras Terras, tendo-se tornado num defensor da liberdade dos escravos. E Mena avança para norte liderando um exército para aniquilar uma ameaça latente a Acácia, o povo semi-imortal Auldek. Com punho de ferro e hábeis estratégias políticas, a jovem Rainha reprime uma insurreição e impede a violência de se alastrar no reino… mas à noite é atormentada com sonhos horrendos. Resta-lhe manter a força de espírito para assegurar algo quase impossível: a prosperidade e união pacífica de todas as raças.

EditorSaída de Emergência (Junho, 2015)
Género: Fantasia
Páginas: 320

Nenhum comentário:

Postar um comentário