Goodreads

Destaques

0 O Autor: Mia Couto

Mia Couto, cujos pais emigraram para Moçambique, nasceu na Beira (Moçambique) em 1955. 
Apenas com 14 anos de idade publicou alguns dos seus poemas no jornal Notícias da Beira. Três anos depois, iniciou os seus estudos de Medicina na Universidade de Lourenço Marques (Maputo), abandonando a área no início do terceiro ano e passando a trabalhar como jornalista depois do 25 de Abril de 1974. 
Nomeado diretor da Agência de Informação de Moçambique, formou ligações de correspondentes entre as províncias moçambicanas. Seguidamente, participou na revista Tempo até 1981 e no jornal Notícias até 1985, demitindo-se para se dedicar aos estudos universitários na área da biologia na Universidade Eduardo Mondlane. 
O seu primeiro livro de poesia «Raiz de Orvalo» foi publicado em 1983. Considerado um dos escritores mais importantes de Moçambique, é também o escritor moçambicano mais traduzido. 
Foi fundador de uma- empresa de estudos ambientais da qual é colaborador.

Obras Publicadas:
1 - Romance:
  • Estórias Abensonhadas;
  • Jerusalém;
  • A Confissão da Leoa;
  • O Fio das Missangas;
  • Terra Sonâmbula;
  • Cada Homem é uma Raça;
  • Na Berma de Nenhuma Estrada;
  • Venenos de Deus, Remédios do Diabo;
  • O Outro Pé da Sereia;
  • Contos do Nascer da Terra;
  • Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra;
  • Vinte e Zinco;
  • O Último Voo do Flamingo;
  • A Varanda do Frangipani;
  • Cronicando;
  • Pensageiro Frequente;
  • Vozes Anoitecidas;

2 - Livros Infantojuvenis:
  • O Beijo da Palavrinha;
  • O Gato e o Escuro;
  • A Chuva Pasmada

3 - Poesia:
  • Idades Cidades Divindades 
  • Raíz de Orvalho e Outros poemas

3 - Outros:
  • Mar Me Quer;
  • E Se Obama Fosse Africano?
  • Pensatempos - Textos de Opinião;
  • O Assalto;
  • Tradutor de Chuvas;

Nenhum comentário:

Postar um comentário