Goodreads

Destaques

2 A Conquistadora (Teresa Medeiros)

Ele é Conn, das Cem Batalhas, o rei guerreiro que forjou uma nação numa terra de clãs isolados. Na qualidade de rei supremo da Irlanda, dirige o lendário Fianna, o seu grupo de guerreiros de elite. Mas o misterioso assassínio de vários dos melhores homens de Conn ameaça o trono. Conn parte sozinho em busca de um inimigo aparentemente invencível, sem saber que vai ter de enfrentar uma mulher de olhos verde-esmeralda e cabelos cor de labaredas…
Empunhando uma espada chamada Vingança, Gelina Ó Monaghan jura derrotar o homem que considera o responsável pela ruína da sua família. Nunca imaginou que ele pudesse vencê-la em combate… e ao mesmo tempo conquistar o seu coração. A sua paixão proibida transforma-se numa guerra travada com espadas e beijos, promessas e traições - e a rendição será apenas um início…

Editor: Planeta (2011)
Páginas: 336
Título Original: Lady Of Conquest (1989)
Cotação:  


Download no blogue LER ROMANCES

Também desta autora...
Um Beijo Inesquecível


A Minha Opinião:
«A Conquistadora» teria sido um excelente livro...se Teresa Medeiros tivesse optado por um final diferente.
Quando Conn parte do seu reino para combater o inimigo que ceifou a vida de diversos guerreiros do seu clã acaba por encontrar algo que não estava bem à espera: Gelina Ó Monaghan...E até aqui: maravilhoso!
Tomando a decisão de a levar, mesmo contra vontade, para o seu castelo o aparentemente inevitável acaba por acontecer...Conn e Gelina apaixonam-se. Há o facto ligeiramente perturbador de ele ser bastante mais velho do que ela, mas é algo ultrapassável, especialmente porque a história começa a desenrolar-se de forma muito interessante. 
O romance entre os protagonistas avança e recua como um bêbado a tentar subir as escadas às escuras. Ora estão bem, ora estão mal. Ora se amam, ora se odeiam. Mas pronto, nem todos os romances podem ser iguais, nem nós queremos isso! Até porque há realmente pessoas que, simplesmente, não sabem amar...
O que me alienou completamente deste livro foi que, o nosso suposto herói, decide desancar a rapariga à porrada, humilha-a como pode, escraviza-a, falta-lhe ao respeito de todas as formas possíveis...e viola-a...
Tudo isto é muito perturbador mas é o final que realmente não suporto...Teresa Medeiros caracteriza-nos Gelina como uma rapariga forte de espírito, audaz, arisca e corajosa...ao perdoar tudo o que este homem lhe faz, toda a estrutura desta personagem se perde completamente. Mesmo que Conn justificasse os seus actos, coisa que nem sequer faz, ou pedisse perdão pelo mal que lhe fez e sofrimento que lhe causou, estes dois nunca deveriam ter acabado juntos...porque afinal não há uma regra (!), o par romântico não tem necessariamente que ficar junto...Conn não merecia este fim...e Gelina, de uma outra perspectiva, muito menos! 
É certo que Gelina não está completamente inocente em toda a história, chegando mesmo a tomar o lado do inimigo. Não concordados com muitas das suas decisões, mas as suas acções foram basicamente respostas às acções de Conn e tivesse ele tirado uns minutos para a escutar antes de julgar, e nada disto teria acontecido. 
O verdadeiro «H»omem na história não é este guerreiro impetuoso, Conn, mas sim o bobo da corte anão - Nimbus. 
É por esta espectacular personagem e pela forma magnífica como o livro está escrito que consigo, ainda assim, classificar este livro com 3 estrelas. Bastaria que Gelina lhe tivesse virado as costas no final para eu ponderar as 5 estrelas...
Unir a protagonista a um homem que a maltratou de todas as formas que conhecia e depois chamar-lhe «Conquistadora» ou é irónico ou é ridículo...esta mulher nem a própria dignidade soube conquistar.

2 comentários:

  1. Eca, já li outros livros da Teresa Medeiros e todos foram bons a ótimos, e sem falar do inesquecível "Um beijo inesquecível" não gosto quando as autoras colocam estupro nas histórias, é a violação mais terrível q existe, Candace Camp coloca isso tbm em "Audácia! mas é com o inimigo e não com o amor da vida da mocinha! Jamais aceitarei isso como parte de uma história de amor! Inconcebível e inaceitável!

    ResponderExcluir
  2. Eca, já li outros livros da Teresa Medeiros e todos foram bons a ótimos, e sem falar do inesquecível "Um beijo inesquecível" não gosto quando as autoras colocam estupro nas histórias, é a violação mais terrível q existe, Candace Camp coloca isso tbm em "Audácia! mas é com o inimigo e não com o amor da vida da mocinha! Jamais aceitarei isso como parte de uma história de amor! Inconcebível e inaceitável!

    ResponderExcluir