Goodreads

Destaques

0 O Amor nos Tempos de Cólera




Sinopse:

«Ao longo de quatrocentas páginas vertiginosas, compostas numa espécie de pauta estilística e musical, onde se fundem o fulgor imagístico, o difícil triunfo do amor, as aventuras e desventuras da própria felicidade humana, "O Amor nos Tempos de Cólera" é um romance que leva o leitor numa aventura encantatória, de uma escrita que não tem imitadores à altura. Imperdível.»

Editora: Leya
N.º de Páginas: 416
Título Original: El amor en los tiempos del cólera
Cotação: 

 Apenas 9,95€!





A Minha Opinião:

Gabriel Garcí­a Márquez conta-nos como Florentino Ariza esperou a sua vida inteira por um amor...

Bem, quanto a esperar não tenho muita certeza...a mim pareceu-me muito bem entretido durante esse tempo...promiscuamente bem entretido, se é que me entendem...mais de 600 vezes entretido (!) para terem bem noção do que estou a falar...

Mas antipatias com Florentino à parte, Gabriel García Márquez conta-nos uma bonita história de amor. Conta-a, aliás, como apenas ele conseguiria fazer. 

E, okay, Florentino pode não ter tido Fermina para si, fartando-se de a procurar em inúmeras outras mulheres, mas Fermina permaneceu no seu pensamento nas cinco décadas subsequentes - e isso só pode ser amor. Persistir a amar alguém, unidirecionalmente e à distância, durante 50 anos há-de ser uma das mais bonitas formas de amor. 

Pode não ser descrito um motivo para o desenvolvimento deste amor tão grande no coração de Florentino - mas Gabriel Garcí­a Márquez sabe mais, e sabe melhor...Sabe que não é preciso ter um motivo para amar alguém, para lhe dedicar uma afeição desmedida, mesmo recebendo muito pouco, ou até nada, em troca. 

A prosa de Gabriel Garcí­a Márquez é irrepreensível - mérito literário que ninguém se atreve a questionar...poderíamos dizer que escreve com demasiado detalhe...mas a vida é feita de detalhes e é sobre a vida que nos fala Gabriel Garcí­a Márquez. Poderíamos dizer que se demora demasiado, tornando a leitura lenta, mas para mim, essa foi a maneira perfeita de relatar todos estes anos de uma vida, ajudando-nos a assentar o verdadeiro significado desse tempo. E Gabriel Garcí­a Márquez fá-lo sem prejuízo para a obra, de forma fluída e subtilíssima

A forma crua e realista com que o autor escreve dá personalidade e espessamento a um conceito que é, à partida, tão romântico - um homem que espera por uma mulher toda a vida...Márquez torna-o verdadeiro, honesto. Realista. - Não encontramos isso em qualquer livro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário